Sabia que? A importância do ensino pré-escolar nos resultados futuros

A importância do ensino pré-escolar nos resultados futuros: a frequência do ensino pré-escolar influencia os resultados a longo prazo dos alunos, de forma positiva, segundo as conclusões de um projeto designado Aqeduto.

 Existe uma correlação entre o tempo de frequência das crianças no pré-escolar e os seus resultados futuros, ou seja quanto mais tempo frequentarem este nível de ensino, melhores resultados têm.

Este projecto Aqeduto  avalia a equidade e qualidade em educação através da análise sistemática dos dados PISA entre 2003 e 2012. Em consequência, referem que os jovens que frequentaram o pré-escolar durante um ano ou mais tendem a ter resultados escolares mais elevados, e tanto mais quanto maior o tempo de frequência deste nível de ensino.

Este projeto que tem sido desenvolvido por uma equipa multidisciplinar e patrocinado pelo Conselho Nacional de Educação e pela Fundação Francisco Manuel dos Santos, infere também que os alunos que frequentaram o pré-escolar por um período superior a um ano apresentam uma percentagem de retenção de 29%, bastante inferior à média nacional de 35% e quase metade dos alunos (46%) que não frequentaram o pré-escolar, chumbaram pelo menos uma vez.

Verifica-se que entre os anos de 2003 a 2012, os países considerados em geral fizeram um esforço para reduzir o número de alunos sem acesso à educação pré-escolar, sendo notável a evolução de Portugal, ainda que continue a existir um longo caminho a percorrer.

Segundo dados da DGEEC Portugal (2015) taxa de pré-escolarização para crianças de 5 anos passou de 53% em 1990 para 96% em 2013. Verificou-se também no nosso caso em particular uma correlação entre o aumento da percentagem de frequência no pré-escolar e a melhoria dos resultados PISA (Programme for International Student Assessment).

Já no que concerne ao impacto do pré-escolar na retenção dos alunos, verifica-se que os que frequentaram o pré-escolar por um período superior a um ano, apresentam uma percentagem de 29% de retenção, bastante inferior à média nacional de 35%. Por oposição, 46% dos alunos, que não frequentaram o pré- escolar, chumbaram pelo menos uma vez.

Estes resultados parecem suportar a ideia de que a influência do pré-escolar se torna mais visível quando as crianças o frequentam por um período mais prolongado.

FELIZ DIA DA MÃE

No colégio Verde Água foi assim…

Um dia repleto de surpresas para aquela que é a nossa maior inspiração…a nossa mãe!

Painel de primavera

A primavera já tinha chegado, mas o tempo lá fora ainda adivinhava o inverno! Resolvemos fazer alguma coisa para “chamar” a primavera.

Entre muitas ideias, decidimos fazer um painel para decorar a nossa sala. O grande desafio? Não utilizar lápis, canetas ou tintas! E assim foi, depois de um processo de pesquisa, demos início ao nosso projeto com recortes de revistas.

No fim, descobrimos que apesar dos desafios que nos foram colocados, o maior de todos, mas bem sucedido, foi trabalhar em equipa!

É assim, através de motivações da vida real que construímos a nossa aprendizagem.

E não é que o sol começou a espreitar!

Quando o sono é motor de aprendizagem!

Na reunião da manhã, a Mariana colocou uma questão muito pertinente Por que é que quando uma pessoa boceja, a outra também boceja?

Ficámos curiosos e durante vários dias fomos observando as pessoas e confirmámos este fenómeno.

Para sabermos mais, fomos pesquisar e descobrimos que o bocejo é um ato involuntário do nosso cérebro para nos manter acordados. E sim, este comportamento é “contagioso” devido à existência dos neurónios espelho que nos levam a repetir comportamentos observados. O mesmo pode acontecer com o choro ou com o riso.

O dia do PAI no Colégio Verde Água

Colégio Verde Água assinalou este dia com uma surpresa para Pais e filhos, criando um momento em que é visionada uma história animada, alusiva ao tema do dia do Pai.

O carinho, o profissionalismo e a dedicação que a nossa equipa manifesta nestas alturas, traduz-se num momento de partilha entre pais e filhos, seguido de um pequeno-almoço diferente, em que a própria equipa confecciona de manhã cedo bolinhos caseiros para mimar pais e filhos.

Esperamos que este tenha sido mais um dia para os Pais gravarem na sua memória, e que recordem com carinho e ternura.

A primavera chega ao Colégio Verde Água. O pomar pedagógico floresce

No Colégio Verde Água, podemos assistir aos ciclos da natureza. Temos a horta e o pomar pedagógicos. As crianças veem as folhas e as flores a despontar, as abelhas a polinizar as flores e finalmente os frutos a surgirem. Ao longo do tempo apercebem-se da sua maturação e até os colhem para cozinhados. O limoeiro tem limões maduros para um belo sumo de limão, totalmente biológico.

O pessegueiro, a tangerineira, a macieira e a pereira começam também a florir. As crianças aprendem assim, assistindo e deslumbrando-se com este ciclo da natureza e aprendem a respeitar e a apreciar as árvores, que são importantes para a sua vida.

Uns dias de bom tempo fazem a alegria das crianças no Colégio Verde Água

O sol espreitou, mostrou-se e aqueceu os dias tristonhos e chuvosos. As nossas crianças pegaram nos seus chapéus e correram com excitação e entusiasmo para o relvado, onde rebolaram e brincaram com satisfação.

Pelo meio da brincadeira, viram também os frutos do pomar pedagógico, nesta altura do ano “os limões”, que ainda há bem pouco tempo atrás estavam pequenos e verdinhos.

Alguns Pais tiveram a oportunidade de ver a alegria dos seus filhos neste recreio, tendo até alguma dificuldade em convencê-los a regressar a casa.

CRIANÇAS FELIZES.

Atividades em tempo de chuva

No Colégio Verde Água a chuva e o frio são bem vindos porque necessários à natureza. Por aqui, dentro de portas há um mundo de coisas para fazer!

Desenhamos na caixa de luz, obtendo efeitos surpreendentes!

As pinturas com marcadores fluorescentes brilham numa sala com luz negra e aguçam a nossa curiosidade científica. E temos também problemas para solucionar e palavras para construir no quadro interativo.

As múltiplas atividades que as crianças fazem numa época menos propícia a desfrutar do espaço exterior de recreios, são também momentos de partilha e de estimulação da curiosidade intelectual, que se traduzem inúmeras vezes em procura de saber cooperativo, através da realização e aprofundamento dos temas, cujo corolário são projetos que as crianças pedem para realizar.

A China chegou ao Colégio Verde Água

A curiosidade das nossas crianças de Jardim de Infância levou-as até à China.

Tivemos mesmo uma colaboração de um jovem estudante que esteve a residir um ano na China, e que partilhou com os nossos alunos muita informação sobre a cultura deste grande e longínquo país.

As crianças aprenderam no âmbito deste projeto a escrever o seu nome em caracteres chineses, tentaram comer com pauzinhos e viram múltiplas imagens da China, representativas da sua cultura.

Mais um projeto, mais uma “fatia” de conhecimento, no desenvolvimento das nossas crianças.